Zuma é Acusado De Utilizar US$23 Mi Para Reforma De Mor

21 May 2019 02:29
Tags

Back to list of posts

<h1>Zuma &eacute; Acusado De Utilizar US$23 Mi Para Reforma De Casa</h1>

<p>A protetora p&uacute;blica Thuli Madonsela acusou Zuma de conduta “inconsistente com seu cargo” e disse que ele deveria pagar por novas das reformas desnecess&aacute;rias, entre elas um galinheiro e uma piscina justificada como material anti-inc&ecirc;ndio. A presid&ecirc;ncia citou que Zuma “tem se preocupado com as alega&ccedil;&otilde;es de inconveni&ecirc;ncia” que cercam a reforma, e que ir&aacute; aprender o relat&oacute;rio e dar tua resposta “no instante adequado”, acrescentou o comunicado.</p>

<p>O relat&oacute;rio de 444 p&aacute;ginas de Madonsela, uma investiga&ccedil;&atilde;o de 2 anos sobre isso as reformas pela moradia rural de Nkandla, na prov&iacute;ncia de KwaZulu-Natal, pintou um quadro de incompet&ecirc;ncia oficial sistem&aacute;tica e denunciou pr&aacute;ticas lenientes que Zuma jamais questionou. “O presidente aceitou tacitamente a implementa&ccedil;&atilde;o de todas as medidas em sua moradia e se beneficiou indevidamente do enorme investimento de capital nas instala&ccedil;&otilde;es n&atilde;o relacionadas &agrave; seguran&ccedil;a em sua casa particular”, alegou Madonsela. A promotora de fala suave, que ficou famosa por teu escrut&iacute;nio abrangente das irregularidades oficiais, mostrou o exagero de gastos como “exponencial” e comentou que os ministros trataram do projeto de “uma maneira espantosa”. No momento em que o esc&acirc;ndalo de Nkandla veio &agrave; tona, em 2009, o gasto foi estimado em 6,um milh&otilde;es de d&oacute;lares. Apesar de estar perante a aten&ccedil;&atilde;o do p&uacute;blico desde logo, a conta inflou pra quase o qu&aacute;druplo do valor inicial &agrave; capacidade que o projeto fugia do controle.</p>

<ul>

<li>Edineia-rodrigues says</li>

<li>15/03 - 14h - C&amp;C Santo Andr&eacute; (Via Industrial, 700, Vila Industrial - Santo Andr&eacute; - SP)</li>

365.jpg

<li>24/trinta e tr&ecirc;s Decora&ccedil;&atilde;o mesa de Natal</li>

<li>Cozinha Pequena</li>

<li>42- Abrir um Neg&oacute;cio de Frios e Latic&iacute;nios</li>

<li>3 Alian&ccedil;a turco-grega</li>

</ul>

<p>O casamento entre bueiros de transporte e energia (que ocultavam quil&ocirc;metros subterr&acirc;neos de fia&ccedil;&otilde;es) acababou em 1947, no momento em que a Light transferiu tua frota de bondes pra uma organiza&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica. A CMTC (Companhia Municipal de Transportes Coletivos) representaria a nova supremacia no asfalto: o &ocirc;nibus. As tampas de ferro da CMTC deram territ&oacute;rio &agrave;s pe&ccedil;as da SPTrans em 1993, com a privatiza&ccedil;&atilde;o da opera&ccedil;&atilde;o das linhas feita pelo prefeito Paulo Maluf. E De Noite Os Pre&ccedil;os Diminuem! do s&eacute;culo 19 pra c&aacute; tenha sucedido nos meios de comunica&ccedil;&atilde;o. Em 1884, S&atilde;o Paulo inaugurava sua rede de telefones (onze anos depois, imediatamente seriam, pasme, 680 aparelhos inscritos). Quem se lembra do tel&eacute;grafo ou do telex, operados pelo Departamento de Correios e Tel&eacute;grafos (DCT)?</p>

<p>A rede possibilitava a troca de mensagens escritas usando impulsos el&eacute;tricos em c&oacute;digo morse. E tudo ficava oculto ante tampas do DCT (1931-1969), que ainda s&atilde;o capazes de ser encontradas pela pra&ccedil;a da Rep&uacute;blica. O telefone come&ccedil;ava a se Cinco Canais Do YouTube Com Sugest&otilde;es De Constru&ccedil;&atilde;o E Reforma . Quarto De Casal F&aacute;cil: Veja Como Gerar Uma Decora&ccedil;&atilde;o Barata E Bonita de telefonia fixa, a CTB (Companhia Telef&ocirc;nica Brasileira) desenvolveu extensa rede subterr&acirc;nea.</p>

<p>Todavia demorava-se anos pra adquirir uma linha pr&oacute;pria, como relatavam jornais nos anos 1960. A corpora&ccedil;&atilde;o acabou sendo estatizada. A Telesp assumiu a linha de sucess&atilde;o sem desdobrar a dificuldade. Serviu, pelo menos, pra expandir uma encantadora tampa de ferro fundido, com montado desenho de engrenagens. Hoje, tampas das mais in&uacute;meras corpora&ccedil;&otilde;es de intercomunica&ccedil;&atilde;o esburacaram as cal&ccedil;adas: de operadoras de telefonia m&oacute;vel &agrave; rede de fibra &oacute;tica, passando por Tv a cabo e provedores de internet -nosso subsolo virou um amplo emaranhado de fios. Trocam as empresas concession&aacute;rias e as frases, todavia os discos de ferro continuam muito id&ecirc;nticos. FAU-USP Ricardo Toledo Silva.</p>

<p>Bueiros novos assim como s&atilde;o duros pela queda, feitos para sustentar at&eacute; 60 toneladas (o peso de um avi&atilde;o). A Sabesp decide por substituir bueiros antigos, em agrad&aacute;vel ou mau estado. O &quot;emagrecimento&quot; das pe&ccedil;as para 30 kg &eacute; poss&iacute;vel gra&ccedil;as aos novos objetos -como a gusa, liga de ferro e carbono, mais resistente do que o a&ccedil;o.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License